produtividade na oficina

Por conta da alta competitividade do mercado automotivo atual, é fundamental ter um diferencial nos serviços da sua oficina para oferecer ao público. Investir em práticas para aumentar a produtividade na oficina é uma excelente estratégia para isso. A alta produtividade na oficina mecânica é uma questão de sobrevivência no mercado, pois garante o máximo de rendimento no dia a dia e faz com que você e sua equipe utilizem os recursos de forma otimizada, aumentando os lucros e também a satisfação de clientes.

Independente de ser uma oficina para carros e motos ou uma que trabalha com veículos pesados, ter as ferramentas adequadas para realização dos reparos é fundamental. Contar com equipamentos de qualidade é um dos pontos que garante alta produtividade e também a oferta de um bom serviço! Mesmo o melhor profissional será incapaz de realizar seu trabalho se não tiver acesso a boas ferramentas para isso. Além disso, o mercado automotivo e de reparação vive constantes atualizações de tecnologia. Por isso, busque, à medida do possível, ter o que há de mais atual e moderno em termos de equipamentos.

O que é maior produtividade numa oficina mecânica?

A produtividade é definida como “a capacidade de produzir produtos ou serviços de valor, em grande quantidade, sem perder a qualidade ou saúde dos processos envolvidos”. Aumentar a produtividade é sempre importante para a empresa. Para isso, além de garantir o máximo de rendimento, utilizando os recursos de forma otimizada para aumentar os lucros e satisfação dos clientes, é fundamental poupar gastos desnecessários ou desperdícios — inclusive de tempo — que se refletem em maiores despesas financeiras. Produtividade quase sempre está relacionada a tempo!

Em particular, nas oficinas mecânicas, a produtividade geralmente está diretamente ligada a três áreas principais:

  • Treinamento e acompanhamento dos funcionários;
  • Organização e otimização do espaço;
  • Operação e manutenção dos equipamentos.

Equipamentos de boa qualidade

Muita oficina mecânica tenta oferecer um serviço a partir de um equipamento ultrapassado e incompatível com as necessidades do mercado. Isso não funciona nas épocas atuais. Quando se tratam de equipamentos, considere que a compra de um equipamento inovador e moderno não é “mais um gasto”, e sim um investimento para a sua empresa. Isso porque balanceadoras computadorizadas, elevadores automotivos, desmontadores de rodas e rampas de alinhamento, por exemplo, são equipamentos que irão otimizar seus processos, agregar qualidade ao seu serviço e, consequentemente, aumentar os lucros de sua oficina mecânica.

A qualidade de uma mecânica (ou auto center) depende de vários fatores que nem sempre estão relacionados com os equipamentos automotivos, porém investir em equipamentos modernos e tecnológicos é provavelmente uma das formas mais rápidas e inteligentes de agregar valor aos seus serviços no curto, médio e longo prazo.

A tecnologia não precisa estar associada somente aos equipamentos mecânicos, um software de gerenciamento, por exemplo, também pode melhorar significativamente a produtividade. Porém, como o “serviço direto” é oferecido através do conserto propriamente dito, os equipamentos e ferramentas são nosso foco neste artigo. Devidamente equipado, um mecânico realiza reparos e ajustes de forma bem mais rápida. Os equipamentos mais modernos facilitam diversos serviços de manutenção e tornam um velho e trabalhoso serviço em bem mais rápido e prático.

É crucial, para garantir competitividade, que o gestor da oficina invista na compra de todos os equipamentos necessários para que a seu negócio funcione a todo vapor. E não basta apenas comprar — é preciso realizar uma inspeção periódica na qualidade das ferramentas e dos equipamentos. A manutenção é extremamente importante, em especial neste tipo de equipamento mais tecnológico!

Seguem alguns exemplos de equipamentos automotivos que aumentam a produtividade do auto center e, assim, os lucros do seu negócio:

Elevadores Automotivos

São extremamente utilizados em oficinas mecânicas de todo o país, principalmente pela sua praticidade, versatilidade e baixo custo de operação. Os elevadores automotivos servem para elevar um carro durante sua manutenção, podem ser hidráulicos ou não, sendo que as características dependem muito da necessidade de cada negócio. 

Rampas de alinhamento

As rampas de alinhamento modernas e compatíveis com os padrões mais modernos facilitam muito a organização e o fluxo de veículos dentro do estabelecimento. Além disso, as rampas de alinhamento modernas (com acionamento automático e controle remoto) proporcionam para seus funcionários uma segurança muito maior. A praticidade também conta: pois com as rampas os mecânicos podem realizar o serviço de alinhamento sozinhos, sem a necessidade de ajudantes.

Desmontadoras de rodas automatizadas

São ideais para auto centers modernos por permitem ao operador executar todo o serviço tendo as duas mãos livres para rotacionar o pneu na máquina. Assim, as desmontadoras de rodas automatizadas garantem uma produtividade muito maior para os funcionários. Elas também tornam possível a calibragem manual dos pneus no próprio equipamento.

Balanceadoras computadorizadas

Um veículo “desbalanceado” afeta diretamente o conforto e segurança do condutor, desta forma o alinhamento de direção, assim o balanceamento das rodas é um serviço básico e indispensável na hora de uma manutenção preventiva eficiente.

Apesar do conceito de balanceamento ser simples (medição e compensação das rodas desbalanceadas), muitas mecânicas atualmente demoram um tempo desnecessário para a execução deste serviço. Desnecessário porque, com equipamentos modernos de balanceamento computadorizado, atualmente é possível fazer as medições e ajustes nas rodas de forma rápida e automatizada, a partir apenas de um painel digital que pode ser operado por qualquer pessoa.

Já falamos aqui no blog, de forma mais especial e completa, sobre as vantagens das balanceadoras computadorizadas. Clique aqui.

Atenção: Além de garantir equipamentos de ponta, e estar em dia com a manutenção de cada um deles, também é necessário verificar se as ferramentas e equipamentos que a oficina possui são suficientes para o trabalho de toda a equipe. Esses são detalhes simples, mas que fazem a diferença na qualidade do serviço, na satisfação do funcionário, e na produtividade do mesmo (que pode estar perdendo tempo tendo que revesar uma ferramenta com outro, por exemplo)

 

Deixe um resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *