Há alguns anos os elevadores eram vistos como equipamentos caros e distantes, presentes apenas em imóveis de luxo. Porém hoje eles estão muito mais acessíveis e ajudam inúmeras pessoas a tornarem suas casas mais seguras e agradáveis. Além de um item de conforto e decoração para alguns, os elevadores residenciais ainda podem ser especialmente úteis em casas com moradores mais idosos ou ainda com necessidades especiais, tornando a locomoção mais simples e segura. Por isso, o elevador está cada vez mais presente nos projetos e nas construções em diversas cidades do país. Saiba quais são os diferentes tipos de elevadores que podem ser adotados e as vantagens de cada um.

Atualmente, os dois tipos de elevadores mais utilizados em residências são os hidráulicos e elétricos (conhecidos também como eletromecânicos). Menos comuns, existem ainda os elevadores a vácuo. Com mais de uma possibilidade, é natural se questionar quais as diferenças e as vantagens de um em relação ao outro. Por isso escrevemos esta matéria!

Diferenças Hidráulico vs. Elétrico

Equipamentos hidráulicos são movidos por um pistão hidráulico normalmente localizado embaixo do equipamento, usando o mesmo princípio de funcionamento dos elevadores de carro. Já os elevadores elétricos (eletromecânicos), contam com o uso de cabos e são acionados por energia elétrica, semelhantemente aos elevadores de passageiros tradicionais – em construções maiores.

O conceito hidráulico teve a preferência dos engenheiros e arquitetos durante muitos anos. Isso porque apenas com equipamentos deste tipo era possível evitar as casas das máquinas nos telhados (já que para equipamentos hidráulicos estas podem ser instaladas em outros locais). Os hidráulicos também eram os únicos equipamentos com o recurso de resgate em casos de falta de energia, graças a possibilidade de descida utilizando apenas a força gravidade. Além disso, o conforto da viagem era bastante melhor do que o proporcionado pelos elevadores elétricos.

boxtopEntretanto, os elevadores elétricos tiveram uma evolução técnica enorme, tornando os hidráulicos um pouco limitados. Seu funcionamento, por exemplo, costuma ser mais lento e com maior consumo de energia se comparado a um equivalente elétrico, além de fazer uso de grande quantidade de óleos, que os tornam pouco ecológicos e encarecem a manutenção.

Com o tempo, os elevadores elétricos também conseguiram ultrapassar aquilo que lhes tirava vantagem: os equipamentos elétricos deixaram de exigir a presença de casa das máquinas, tornando sua instalação prática e adaptável a qualquer projeto. O uso de inversores de freqüência também permitiu suavidade de viagem e ganho de precisão de paragem, resultando em notável nivelamento de piso. Por fim, tornaram-se extremamente ecológicos, com uso de fluidos próximos de zero e baixíssimo consumo de energia.

Por que os hidráulicos continuam no mercado?

Os modelos hidráulicos ainda mantêm uma forte versatilidade estética, especialmente quando se trata de elevadores panorâmicos. Qualquer arquiteto fica radiante com as possibilidades de criatividade que um elevador hidráulico permite.  Além disso, ele segue sendo classificado como um modelo extremamente seguro quando se trata da instalação em residências. Além disso, ele é também muito confiável em situações de emergência como terremotos e incêndio.

A vácuo

Os primeiros exemplares começaram a ser comercializados apenas no final da década de 90, portanto os elevadores a vácuo são uma invenção mais recente. Esse tipo de equipamento realiza sucção do ar para causar uma diferença de pressão e fazer o equipamento subir (lembrando o funcionamento de uma seringa). A descida é normalmente realizada utilizando apenas a força gravidade e aliviando a saída de ar. A maior limitação desses equipamentos é seu tamanho e capacidade extremamente reduzidos.  A maioria dos modelos tem capacidade para uma única pessoa e as dimensões de cabina não comportam a grande maioria das cadeiras de rodas. Passageiros acima do peso também podem ter dificuldades em utilizar esse tipo de elevador. Ou seja, esse modelo deixa muito a desejar no quesito acessibilidade! Devido ao uso de compressores, elevadores a vácuo também costumam ser extremamente barulhentos.

Comparativo entre modelos

  • Instalação:se escolhido um elevador elétrico sem casa das máquinas, a instalação torna-se mais fácil e barata que seus equivalentes hidráulicos.
  • Segurança:As rígidas normas garantem igualdade na segurança em ambos os tipos. Os equipamentos elétricos modernos também possuem dispositivos de resgate em falta de energia, assim como os hidráulicos.
  • Velocidade:Elevadores hidráulicos e a vácuo são mais lentos do que elevadores eletromecânicos.
  • Ruído:Elevadores hidráulicos costumam ser mais barulhentos por utilizarem uma moto-bomba. Para isolar o ruído, é necessário construir uma casa de máquinas em áreas distantes dos quartos e outras áreas em que nenhum ruído possa incomodar. Os elevadores a vácuo são os mais barulhentos de todos.
  • Custo:Se considerarmos somente o preço do elevador, os elevadores a vácuo são os mais caros, mas já incluem a caixa de corrida. Normalmente os equipamentos hidráulicos são um pouco mais caros que os elétricos e por utilizar motores mais potentes, exigem maior consumo de energia.
  • Sustentabilidade:Elevadores hidráulicos consomem uma grande quantidade de óleos e de energia elétrica. Os elevadores a vácuo são bastante limpos, mas há poucas informações sobre seu consumo de energia elétrica quando em subida. 

Importante: escolha bem o fabricante

BoxtopSe está pensando em colocar um elevador no projeto de sua residência, é fundamental que você escolha com cuidado a empresa fabricante do elevador. Ela que garantirá eficiência e segurança para o equipamento que você está comprando e poderá decidir, juntamente a você, o melhor modelo para o seu projeto.

Antes de contratar, analise alguns pontos:

  • experiência da empresa na fabricação de elevadores;
  • assistência técnica oferecida;
  • capacitação dos funcionários;
  • experiência na instalação de elevadores residenciais;
  • reconhecimento da marca dentro do setor;
  • opinião de outros consumidores;
  • tecnologias utilizadas pelos elevadores.

Conheça os elevadores de passageiros oferecidos pela Boxtop – tecnologia em elevação.

Deixe um resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *