Nos últimos anos, as compras de veículos zero-quilômetro caíram substancialmente, especialmente devido à crise no país. Com menos carros novos sendo comprados, a manutenção dos carros já usados cresceu muito, provocando um “boom” no mercado de oficinas mecânicas. Saiba como se favorecer deste momento de crescimento do segmento, e conheça os desafios e as oportunidades deste período para sua oficina!

 A alta no segmento de mecânica: oportunidades

 Saiba quais oportunidades agarrar para fazer desse ano ainda melhor para o setor:

  1. Comodidade para o cliente 

Quando uma pessoa deixa o carro para arrumar em uma oficina mecânica, é comum que ela precise de transporte público para ir ao trabalho ou fazer suas outras atividades. A primeira dica é instalar a empresa em um local de fácil acesso a pontos de ônibus ou outro transporte público. Outra dica – que funciona melhor em cidades pequenas – é inovar e oferecer um serviço próprio para levar/buscar a pessoa no trabalho, por exemplo.

  1. Conscientização

As oficinas geralmente funcionam trabalhar com o conserto de algo que já estragou, e isso não é muito bom para o negócio. Trabalhar a manutenção preventiva e conscientizar os consumidores em relação ao cuidado que precisam ter com seus veículos é fundamental e uma boa maneira de conquistar clientes fixos. O mecânico deve saber orientar, mostrando o risco que um carro com peças antigas pode trazer, por exemplo, e torna a venda responsável e valorosa.

  1. Especializações

A oferta de serviços especializados é um diferencial no mercado de reparação automotiva. Algumas empresas já vêm se destacando no setor por se tornarem referência em problemas de ar-condicionado ou airbags, por exemplo. Ou seja, é a especialização das especializações! Se notar que a procura por um serviço específico está crescendo, pode ser interessante investir no treinamento de um funcionário para cumprir tal função e criar um nicho específico na sua empresa para isso.

  1. Prospecção

Ser proativo para conquistar clientes pode fazer toda a diferença para um dono de oficina mecânica. As mecânicas costumam esperar os clientes aparecerem, e isso é um erro. A busca por novos clientes não pode parar! Uma boa recomendação é que o empresário trabalhe com alguns brindes, como calendários, fichas e etiquetas. Isso marca a empresa na memória dos clientes gerando fidelização a baixo custo. Publicidade e marketing nas redes sociais também são ótimas estratégias!

Desafios do mercado

Para acompanhar o crescimento do mercado, também a necessário transpor alguns desafios que chegam junto:

  1. Controle financeiro

Um fato altamente comum no Brasil é as oficinas serem geridas por familiares, isso faz com que muitas não adotem um controle financeiro profissional. Para a empresa crescer é importante que as finanças sejam organizadas. Para começar, o dono da oficina precisa ter em mãos o orçamento anual, o fluxo de caixa trimestral e o demonstrativo financeiro mensal do negócio. Esses 3 relatórios já trazem mais eficiência ao negócio! Conhecendo isso, o empresário pode definir, por exemplo, quais são os períodos em que a empresa mais fatura e usar esse conhecimento par definições estratégicas (os melhores funcionários não devem sair de férias na época em que o negócio está vendendo mais, por exemplo).

  1. Funcionários

Muitas vezes os donos de oficinas não investem na capacitação da equipe por medo de perder empregados para concorrentes, ou até mesmo por medo que abram a sua própria oficina. Isso é um erro! O empresário deve oferecer treinamento sem receio do que pode acontecer. Quanto melhor o seu funcionário, mais produtiva será a sua oficina. E se o negócio oferece boas condições de trabalho, é muito provável que o funcionário continue na empresa. Invista nas suas pessoas!

  1. Tecnologias

É imprescindível se atualizar com as novas tecnologias, o “chutômetro” para identificar o problema de um carro não existe mais! Da mesma forma, dificilmente uma oficina terá sucesso se depender do faturamento sobre as peças. Os ganhos devem ser em cima de serviços, e os serviços devem ser prestador de forma moderna.

  1. Atendimento ao público

Em diversas oficinas mecânicas, o mau atendimento é um dos responsáveis por afastar clientes. É comum os donos dos carros saíram com a impressão de que não receberam a devida atenção porque o mecânico estava muito ocupado. Se existir a possibilidade, tenha funcionários específicos para lidar com o público. Algo importante é manter uma ficha (de preferência em um sistema automatizado) com o cadastro de clientes, data do serviço e quais serviços foram realizados. Assim, o empresário pode monitorar quando é a hora do cliente voltar para uma manutenção antes do problema ocorrer – essa é uma forma de demonstrar atenção e buscar clientes. Outro fator importantíssimo que precisa ser compreendido pelo empresário do setor é que o público feminino está cada vez mais presente e merece o mesmo respeito e atenção que qualquer outro público!

  1. Ofereça a solução

Nos dias atuais, o cliente não está preocupado em buscar o menor preço, mas sim em resolver o seu problema. Honestidade é o melhor negócio! É importante ser claro e sincero em relação ao que precisa ser feito, alertar os riscos de adiar aquele conserto e não ter medo de perder o cliente por conta do valor total do trabalho. Mas não minta para vender um serviço desnecessário! Você deve focar em oferecer a solução dos problemas dos seus clientes, essa é a verdadeira motivação de uma oficina mecânica!

 

 

One Response to Como aproveitar a alta no segmento de mecânica
  1. Acho importante esse tipo de reportagem. Ela mostra a importância de se estar sempre reciclando conhecimentos e trabalhando em pro de uma melhoria contínua de atendimento e prestação de serviços.


[topo]

Deixe um resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *